• SPC Brasil


Fonte:DCI

Varejo comemora alta de vendas no carnaval

Confiante na melhoria da economia, e animado com o feriado de carnaval, o consumidor brasileiro resolveu gastar mais para fazer a festa neste ano, o que elevou em 60% o movimento nos supermercados e superou as expectativas das varejistas, que viram as vendas de itens como bebidas, carnes e carvão saltar 12% sobre as do mesmo período do ano passado, nos quatro dias de folia. Antes, a expectativa de vendas pra o feriado era de até 40%, segundo a assessoria das três principais redes do setor: Grupo Pão de Açúcar (GPA), Carrefour e Walmart Brasil.

O Grupo Pão de Açúcar declara que superou a meta de crescimento em vendas de produtos sazonais, que antes da folia era próximo a 15% na comparação entre o fim de semana de carnaval e o mesmo período do ano passado. De acordo com a empresa, considerando apenas as lojas do Extra, a alta foi superior a 60% nas operações da rede no período, o que representa 45% mais vendas do que o esperado.

Para o Pão de Açúcar, o crescimento inesperado das vendas aconteceu devido às promoções e ao mix variado de produtos que a empresa pôs à disposição dos clientes para a data. “Paacotes promocionais também ganharam as gôndolas de todas as bandeiras, contribuindo com os ganhos da empresa”, disse a rede, em comunicado.

Entre os destaques da rede de Abílio Diniz no período de carnaval estão as cervejas, que seguem uma trajetória de alta nas vendas em todas as bandeiras de super- e hipermercados do Grupo Pão de Açúcar. “Novidades como a linha de Barril 5 litros da Itaipava, a Oaken Bohemia e a exclusiva Itaipava de 250 ml fizeram com que o Grupo registrasse alta: 40% acima do obtido no mesmo período de 2009.”

No Carrefour, a expectativa pelas vendas nos quatro dias de folia fizeram a rede antecipar as negociações com a indústria a fim de conseguir melhores preços e itens exclusivos no segmento de bebidas e alimentos. Segundo a varejista, a projeção inicial era vender 25% mais produtos da categoria cervejas, com promoções no estilo “combinado de cerveja e carvão”, ou “Leve 4 e Pague 3”. “Vimos também um crescimento na procura por carnes durante a festa”, informou o Carrefour já ainda na sexta-feira. A rede estima que neste feriado as vendas de itens para fazer a festa no feriado terá alta de 12% sobre 2009. Outra que teve como a grande vedete deste carnaval a venda de cervejas e carnes foi o Walmart Brasil, que estima ter alcançado 40% e 28% de crescimento respectivamente, na venda de produtos para churrasco no fim de semana.

Comércio popular

Na Rua Vinte e Cinco de Março, as lojas apostaram em promoções para ganhar os paulistanos que não foram viajar e também os turistas que estiveram na cidade e resolveram aproveitar o feriado para comprar utilidades domésticas e brinquedos com até 80% de desconto. Segundo a União dos Lojistas da Vinte e Cinco de Março (Univinco), na segunda-feira mais de 400 mil pessoas visitaram a região e aproveitaram para fazer compras. Na Semaan, a oferta de itens com até 80% de descontos na “liquidação anual” da loja fez o movimento subir 50% com na comparação com 2009, conta Marcelo Mouawad, proprietário da loja Semaan.

“Apostamos em que o cliente tem dinheiro e estava esperando uma oportunidade para gastar”, relata Mouawad.

De acordo com o empresário , a liquidação deve continuar atraindo volumes expressivos de público até o próximo domingo (21), último dia de promoções na Semaan. “Estamos confiantes na venda desses itens até o final dos estoques. Fizemos um planejamento de acordo com as necessidades de troca de estoque da empresa”, diz. “Temos muitos itens em brinquedos, mas os clientes vão encontrar produtos de outras categorias em promoção.” Para o empresário, as vendas ficaram mais concentradas no período da manhã, por causa do sol forte. “O movimento foi bom até as 16h, mas o pico de vendas foi mesmo até as 11h.”

Outra que vê na data uma oportunidade para aumentar as vendas é a Armarinhos Fernando, uma das âncoras da região, que abriu as portas todos os dias e fez escala de folga com os funcionários para não perder a oportunidade de vender material escolar no feriado, segundo Ondamar Antônio Ferreira, gerente da loja matriz. “Não fechamos nem um dia da semana para aproveitar as vendas da volta às aulas, que estão no melhor período para nós”, conta. De acordo com o gerente, as vendas no fim de semana do carnaval tiveram aumento de 5% com as compras de última hora.

Shoppings

Os shopping centers também apostam no carnaval e em datas alternativas para manter o movimento de consumidores em períodos não tão forte em compras; muitos aproveitam o mês de fevereiro para promover ainda as liquidações de verão e eventos culturais. O Shopping Metrô Itaquera, localizado na zona leste da capital paulista e administrado pela Ancar Ivanhoe, acredita que vai conseguir elevar em 17% o fluxo de clientes no mês de fevereiro. Para isso, decidiu diferenciar-se e investir cerca de R$ 100 mil na data, com ações como uma exposição das fantasias da Escola de Samba Leandro de Itaquera, um show da bateria da escola para os clientes, uma ala exclusiva do shopping com 100 integrantes, além de 20 fantasias para sortear entre os consumidores.

Já no Shopping Interlagos e no Interlar, do Grupo Savoy, a aposta é que as liquidações mantenham as vendas. Durante todo o mês de fevereiro, no Interlar Intelagos, especializado em móveis, as lojas estão com até 60% de desconto, o que deve trazer um incremento de 12% nas vendas em relação a igual período do ano passado. Segundo a superintendente, Carla Bordon Gomes, a expectativa é de que haja também um aumento de público de 15%.

Sistema CNDL

Sistema CNDL