Seja um associado

Em meados da década de 60, num destes almoços dos lojistas no Rio de Janeiro surgiu o Clube de Diretores Lojistas do Brasil, primeiro nome da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas – CNDL. Na mesma época, os clubes municipais começaram a proliferar-se nas principais capitais. Foram fundadas CDLs em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e em várias cidades do nordeste. A aceitação foi muito boa entre a classe.

FCDL: A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas é a entidade que congrega as CDLs de um estado.

CDL: A Câmara de Dirigentes Lojistas é uma entidade de classe criada para representar os lojistas em âmbito municipal, sendo formada por empresas associadas que se reúnem regularmente para, em conjunto, deliberar sobre providências, ações, estudos, estratégias, trocas de idéias e informações, bem como todo o necessário para o desenvolvimento da atividade lojista.

Benefícios:

A Confederação representa os interesses dos lojistas de cada município, cidade ou estado a nível nacional. Ajudou a criar a Frente Parlamentar do Comércio para levar debates importantes do Movimento Lojista ao conhecimento de parlamentares e da sociedade. Atualmente, a CNDL tem uma forte representatividade política, brigando pelos interesses do setor junto a parlamentares no Congresso Nacional e a representantes do Governo Federal.

Tendo sua sede normalmente na capital do Estado, a Federação tem como objetivo prestar assistência e orientação às CDLs do seu Estado, transmitindo-lhes também metas de interesse geral do comércio lojista, em torno das quais todas as CDLs devem se unir, a fim de formar ‘grupos de pressão’, lobby empresarial e prestação de serviços como SPC, Cobrança, Cursos, etc.

Os benefícios de atuação de uma CDL são plenamente reconhecidos pelas comunidades onde atuam e não se restringem às suas associadas: são ações de interesse dos empresários e de interesse da comunidade.